Fale conosco

Exame » NÚMERO DE CÓPIAS DO GENE MLH1 POR MLPA [710361]

Cobertura ANS
Cobertura Obrigatória ANS por Planos de Saúde

O câncer colorretal (CCR) é a 5ª causa de morte por câncer mais freqüente no Brasil, e entre 10% e 15% dos casos diagnosticados correspondem a CCR hereditário, principalmente sob a forma de Câncer Colorretal Hereditário Não Poliposo (HNPCC) ou Síndrome de Lynch.

Os pacientes com HNPCC apresentam como principal característica genética uma perda de função dos genes responsáveis pelo reparo do DNA: MLH1, MSH2, MSH6, PMS1 e PMS2. O resultado desta incapacidade de reparo é o acúmulo de mutações genéticas no DNA, o qual irá desencadear o processo de carcinogênese da HNPCC. Dentre os genes de reparo, os genes MSH2 e MLH1 contêm a maioria das mutações atualmente conhecidas responsáveis pela HNPCC, representando cerca de 90% dos casos.

A grande maioria (~90%) das mutações na Síndrome de Lynch é detectada através do sequenciamento ou MLPA dos genes MLH1 e MSH2. O exame genético do gene MLH1 por MLPA é indicado para pacientes que foram negativos para os exames de sequenciamento e MLPA dos genes MSH6 e MSH2 e sequenciamento do gene MLH1, ou que apresentem alguma suspeita clínica de mutação em MLH1.

Pesquisando
Pesquisando

Fale Conosco